Shaping the future of animal health
Brasil

Milteforan™

Milteforan™

Solução oral para o tratamento da Leishmaniose Visceral Canina.

 

 

Frascos de 30 mL, 60 mL e 90 mL.

FÓRMULA

Miltefosina                              20 mg

Veículo…q.s.p                         1,00 mL

 

POSOLOGIA

Após pesar precisamente o animal, administrar por via oral 1 mL de Milteforan™ para cada 10 kg de peso, o que corresponde à dose de 2 mg/kg de peso, uma vez ao dia, durante 28 dias consecutivos.

 

PROPRIEDADES

Após a administração oral, a absorção da droga é completa no trato gastrintestinal, com biodisponibilidade absoluta de 94% em cães, atingindo a concentração máxima entre um período de 4 a 48 horas e tem meia-vida de 159 horas para a sua eliminação.

Seus efeitos secundários podem incluir transtornos digestivos como vômito, diarreia e anorexia em alguns animais, e por isto deve ser administrado durante a alimentação.

 

VANTAGENS

  • Administrado por via oral em dose diária única, por 28 dias, o que torna o tratamento mais fácil de ser realizado pelo proprietário, evitando falhas terapêuticas.
  • Possui ação imunomoduladora, estimulando a resposta celular e diminuindo a carga do parasito.
  • Biodisponibilidade absoluta de 94% em cães, atingindo a concentração máxima entre um período de 4 a 48 horas.
  • Tem ampla distribuição nos tecidos, alcançando os tecidos-alvo.
  • Meia-vida de eliminação lenta.
  • Não é prejudicial ao fígado, sofre uma lenta degradação metabólica hepática em colina, um componente natural.
  • Não possui excreção renal, sendo seguro para os rins.

 

ADVERTÊNCIAS

Evitar a subdosagem. Assim, é importante que a posologia descrita seja corretamente obedecida. O tempo para a completa absorção da droga pelo cão é de aproximadamente uma hora após a ingestão. Como o medicamento pode induzir vômito, é importante que, após a administração do produto o animal seja observado por este período, para que se assegure que a dose do dia tenha sido corretamente ingerida.

É recomendado que sejam utilizados nos animais em tratamento produtos repelentes contra o flebotomíneo.

Não existe cura parasitológica estéril para a Leishmaniose Visceral Canina. O declínio da carga parasitária reduzirá o potencial de infecção dos flebotomíneos e, consequentemente, a transmissibilidade da doença.

Assim, a cada quatro (04) meses, o animal em tratamento deverá retornar ao médico veterinário para uma reavaliação clínica, laboratorial (pelo proteinograma) e parasitológica (pelas citologias de linfonodo e medula óssea). Se necessário, um novo ciclo de tratamento deverá ser indicado.

 

PRECAUÇÕES

O peso do cão deve ser determinado com precisão antes e durante o tratamento, para o correto ajuste da dose.

É importante certificar-se que o animal ingira a dose completa do produto durante todo o tratamento.

Não agite o frasco para evitar a formação de espuma.

Em animais com insuficiência hepática, renal ou cardíaca, o medicamento somente deverá ser administrado após uma avaliação de risco/benefício realizada pelo médico veterinário.

 

CONTRAINDICAÇÕES E RESTRIÇÕES DE USO

Não administrar o produto em animais com hipersensibilidade à miltefosina.

Não utilizar o produto em fêmeas gestantes, lactantes ou em animais destinados à reprodução.

 

REAÇÕES ADVERSAS

É possível o aparecimento de vômitos moderados e transitórios e diarreia. Estes efeitos começaram a aparecer cinco a sete dias após o início do tratamento e duraram entre um e dois dias na maioria dos casos, podendo se estender por até sete dias para alguns animais. Eles foram reversíveis no final do tratamento e todos os cães se recuperaram sem qualquer terapia específica.

 

VALIDADE

Conservar o produto em sua embalagem original, fechada, entre 15ºC e 30ºC, ao abrigo da luz solar.

24 (vinte quatro) meses após a data da fabricação. Após aberto, o conteúdo do frasco deverá ser consumido dentro de 28 dias. Vide bula para informações sobre conservação do produto.